Skip to content

PROCEDIMENTOS

   A cirurgia plástica tem como objetivo proporcionar harmonia e bem-estar a pacientes com sinais de envelhecimento ou deformidades, resgatando a auto estima e promovendo a reintegração do indivíduo no seu grupo social.
   Essa especialidade visa reverter ou disfarçar alguns dos sinais evidentes do envelhecimento, porém, nem sempre é possível recriar as condições que existiam na juventude, assim como às vezes pode ser impossível
atingir as expectativas do paciente. Portanto, através de cirurgias cuidadosamente planejadas, cuja técnica é aperfeiçoada após muitos anos de árduo treinamento, experiência, conhecimento e habilidade cirúrgica, o objetivo do cirurgião é melhorar a aparência do seu paciente da maneira mais natural e equilibrada possível.
Todo mundo pergunta qual é a diferença entre cirurgia plástica e  cirurgia estética. Cirurgia plástica engloba a cirurgia reconstrutora e a cirurgia estética. A proposta da cirurgia reconstrutora é restaurar a forma e a função do corpo em pacientes que sofreram acidentes, câncer, queimaduras, defeitos congênitos e outros problemas. A cirurgia estética tem por objetivo melhorar a aparência de pessoas saudáveis. É uma sub-especialidade da cirurgia plástica.
Dessa forma, toda cirurgia estética é cirurgia plástica, mas nem toda cirurgia plástica é cirurgia estética. De modo geral, as pessoas usam o termo “cirurgia plástica” para se referirem à cirurgia estética, pois é mais familiar e mais popular.
Os motivos que levam uma pessoa a procurar um tratamento cirúrgico devem ser realistas. A cirurgia não representa
uma potencial cura para os problemas do dia-a-dia.
O cirurgião estaria sendo antiético se garantisse os resultados de qualquer tratamento por ele realizado. Podemos
apenas nos esforçar ao máximo para ajudar o paciente a atingir um resultado satisfatório.
PROCEDIMENTOS
Back to top